Virginia Tech – uma pergunta

abril 18, 2007 at 4:55 pm 9 comentários

Já se falou muito sobre a tragédia da Virgina Tech.  Controle de armasvideo-games, e com todo o humor negro que Deus deu aos homens, travesseiros sanguinolentos.

Mas eu fico me perguntando uma coisa: como é que ninguém foi pra cima do Coréia derrubar o cara?

Aparece um cara armado numa sala de aula, sei lá, com doze pessoas. Ele atira no primeiro, depois atira no segundo. Não está meio óbvio que ele vai atirar em todos, um por um? Por que é que ninguém sai correndo desvairadamente em cima do cara, pra tentar derrubá-lo e tirar a arma dele? Numa sala com doze pessoas, talvez três sejam mortos antes da reação, mais uns três ou quatro durante a briga. Sobraram cinco ou seis vivos pra contar a história dos heróis que morreram pra salvar outras vidas.

Foi o que aconteceu aqui em São Paulo, quando um estudante de medicina abriu fogo dentro de um cinema de shopping center. Ele matou três, foi derrubado por um ou dois bravos, e acabou preso.

Incrível como nos EUA eles sempre conseguem se suicidar.

Entry filed under: Violência. Tags: .

TOP 10 – Shows que eu assisti O erro da NBC

9 Comentários Add your own

  • 1. Gustavo  |  abril 19, 2007 às 5:54 pm

    Veja nessa nota no Yahoo! Notícias o depoimento de um aluno que presenciou os tiros e conseguiu salvar-se. Parece que ilustra bem o que você disse, né. Acho muito estranho… como se as pessoas, sabendo que vão levar um tiro, ficam paradas esperando acontecer, sem tentar nem fugir e muito menos deter o assassino.

    Responder
  • 2. Diogo  |  abril 20, 2007 às 2:18 pm

    Essa foi a pergunta que eu fiz várias vezes e para várias pessoas. Como que o cara sai matando todo mundo assim e ninguém tenta ao menos reagir? Deveria estar meio óbvio que ele estava era louco mesmo e que ia atirar em todo mundo. Após ler o relato do aluno que está no post acima, aí acreditei menos ainda.
    O cara entra sala, atira em uns, sai da sala, volta e atira no resto. Ninguém pensou em correr quando ele saiu da sala? Ninguém pensou em fazer nada?

    Responder
  • 3. Andrada  |  abril 20, 2007 às 4:17 pm

    Gustavo, Diogo, obrigado pelos comentários.

    A reação das pessoas a um acontecimento absolutamente inesperado é um tanto lenta e sempre imprevisível. Eu mesmo não sei se teria feito alguma coisa, mas é estranho que de 32 pelo menos um não tenha tentado.
    Abraços e voltem sempre!

    Responder
  • 4. andre  |  abril 20, 2007 às 5:06 pm

    voces sao muito ingenuos
    falar é facil quando nao se esta no lugar
    e o cara do cinema só foi derrubado porque a sub metralhadora dele emperrou durante os desparos

    Responder
  • 5. Andrada  |  abril 20, 2007 às 5:40 pm

    Andre,
    Claro que falar é fácil. Eu não estava lá, o Diogo também não, o Gustavo também não,assim como você também não estava lá.
    Então, tudo o que podemos fazer é falar.
    Obrigado pela visita e pelo comentário.

    Responder
  • 6. eu de novo  |  abril 22, 2007 às 5:24 pm

    passou uma notícia no jornal da globo, um bairro sei lá qual de SP, um bairro assim… gay(a maior parte) onde tinha uns moleques desrmados que atacavam juntamente qualquer um em busca de carteira celular joias, etc, tudo filmado por um espectador anonimo, e só um cara gordo reagiu em defesa de si próprio, pq os que estavam em volta olhavam e continuavam andando, o pior é que o grupinho estava roubando alguém perto da entrada de um hotelzinho qualquer, menos de meio metro do “segurança” do hotelzinho, ao que ele espantou apenas os carasapenas da entrada, sem reagir, como + ou menos assim: roubem ele mais prá lá. e depois os egocêntricos reclamam por mais segurança entre outras coisas, até q acontece com eles, se vc não ao menos tenta ajudar alguém, não tem moral pra reclamar se não fizerem por vc.

    Responder
  • 7. Andrada  |  abril 23, 2007 às 9:15 am

    Você de novo, eu não disse que alguém tinha que aparecer pra ajudar os outros. Eu falei justamente de auto-preservação, de alguém enfrentar o cara para não ser morto por ele.
    Tem muita gente precisando de um curso de interpretação de texto por aí…

    Responder
  • 8. Hipocrisia e opinioes  |  junho 3, 2007 às 7:23 am

    È triste e lamentavel pessoas inocentes serem vitimados assim, mas se os xenofobos racistas nazistas que oprime certos grupos semeando sofrimento forem punidos assim? qual seria a reaçao da sociedade? Tem muitas coisas nos EUA, onze de setembro foi autoria dos muçumanos? John Kennedy foi assassinado por um russo? falta esclarecimentos, EUA misterioso!

    Responder
  • 9. Andrada  |  junho 4, 2007 às 10:39 am

    Não entendi… o coreano que atirou em todo mundo estava punindo os alunos xenófobos e racistas?

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds


%d blogueiros gostam disto: