150 anos de Mariana

abril 30, 2007 at 4:34 pm Deixe um comentário

Mariana é uma escrava mulatinha, 18 aninhos, bem gostosa mesmo. Mariana é escrava, mas foi educada junto com sinhôzinho e sinházinha. Mariana é filha de preto, mas sabe até ler francês. Mariana tem inteligência natural, e não abusa da situação.Mariana é tratada como parte da família. Mariana sabe se comportar, e quando há visitas na sala, ela fica convenientemente na cozinha. Afinal de contas, “ela é da familia, mas (falando baixinho agora) ela é escrava, sabe?”.

Mariana é quase igual aos donos. É quase-livre, é quase-gente.

Mariana também é a filha da empregada, tratada como se fosse da família. Que brinca com as crianças da casa, mas lava a louça da janta. Que almoça junto antes da aula, mas vai pra escola pública. Que brinca de boneca com a filha da patroa, e também brinca de médico com o filho do patrão.

Mariana é quase igual aos patrões. É quase-irmã em casa, quase-estranha na rua. Quase pode usar o elevador social e quase pode falar com os vizinhos.

Mariana, há quase cento e cinquenta anos, é o pior aspecto do preconceito racial brasileiro.

***

Essa é minha contribuição à discussão sugerida por Alex Castro, que convocou a todos para comentar o conto Mariana, de Machado de Assis.

Além do próprio Alex, também já escreveram sobre Mariana:

Incautos do ontem – Impressões sobre Mariana

Super Resumos – “Mariana”, de Machado de Assis

Vamos lá!

Entry filed under: Crítica, Literatura. Tags: .

Via Gúgol Chelsea e Corinthians

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds


%d blogueiros gostam disto: