Chelsea e Corinthians

maio 2, 2007 at 2:46 pm 3 comentários

robben.jpg Ontem a equipe do Chelsea foi eliminada, nos pênaltis, da Liga dos Campeões da Europa. O Liverpool, adversário do time londrino, ganhou por 1×0 no tempo normal, e por 3×1 nos pênaltis.

O Chelsea disputou 5 edições da Liga dos Campeões, tendo chegado por 3 vezes à fase semi-final. Perdeu uma vez para o francês Mônaco, e duas vezes para o conterrâneo Liverpool. Em todas as disputas, possuía um time melhor que o adversário, e já tinha desclassificado adversários mais fortes como Arsenal, Bayern de Munich e Barcelona. Mas ao chegar o momento decisivo de uma semi-final, sempre faltou algo aos blues.

É notável a semelhança entre os históricos de Chelsea e Corinthians em competições continentais. Ambos os times tiveram claro domínio no cenário interno, e falharam no momento decisivo na competição internacional.

O Corinthians foi bicampeão brasileiro em 1998/1999. Disputou o torneio Libertadores da América nos anos seguintes, e foi eliminado pelo mesmo adversário em 1999 e 2000. O algoz do alvinegro foi o Palmeiras, que nas duas ocasiões possuía um time mais fraco. O Palmeiras se classificou para a Libertadores de 1999 após ganhar a Copa do Brasil em 1998, que havia disputado como convidado. Em 1999, terminou a primeira fase do brasileiro em décimo, e jogou a Libertadores como campeão do ano anterior.

Em 2000, especialmente, a diferença entre os times era mais acentuada. De 9 derbys, o Corinthians ganhou 6, empatou 1 e perdeu apenas 2 partidas. Uma delas, pela semi-final da Libertadores.

O mesmo se passou com o Chelsea. Bicampeão inglês em 2004-2005 e 2005-2006, acabou ficando pelo caminho na Liga dos Campeões. O Liverpool, que por duas vezes eliminou os blues, não ganha uma Liga Inglesa desde 1990, e nessa temporada chegou a perder por 4×1 do time londrino, jogando em Anfield Road. Mas no momento mais importante, os reds converteram todos os pênaltis cobrados, enquanto os jogadores do Chelsea Robben e Geremi cobraram mal para defesas de Reina.

O que sobrou em investimentos, jogadores e mesmo em futebol para Corinthians 99/00 e Chelsea 06/07, faltou em tranquilidade e confiança. Chame de camisa, tradição, chame como quiser. A grande diferença é que ao final da partida, a torcida londrina não invade o campo nem ameaça família de jogador.

Entry filed under: Futebol. Tags: .

150 anos de Mariana Viaje na Viagem

3 Comentários Add your own

  • 1. Rodrigo Leme  |  maio 2, 2007 às 4:25 pm

    Chora gambá!😛

    Responder
  • 2. Andrada  |  maio 2, 2007 às 5:33 pm

    É toda essa a sua contribuição? Podia pelo menos usar um pouco de ironia, ou talvez um toque de sarcasmo. Ficou pobre sua intervenção. Coisa de porco, mesmo!

    Responder
  • 3. Rodrigo Leme  |  maio 2, 2007 às 9:31 pm

    Mais respeito com quem contribui com 65,7% dos comentários desse blog!!!😛

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds


%d blogueiros gostam disto: