Paul McCartney e os 40 anos de sua obra-prima

junho 5, 2007 at 1:21 pm 3 comentários

sgt.jpgVocê pode ouvir uma orquestra ao fundo, se preparando para iniciar um concerto. De repente surje uma guitarra distorcida solando sobre uma base crua, e então entra a voz de Paul, quase rasgada:

“It was twenty years ago today, Sgt. Pepper taught the band to play”

É assim que começa aquele que é por muitos considerado o melhor álbum de todos os tempos. E eu só posso concordar com essa afirmação. “Sgt. Pepper’s lonely hearts club band” é seguramente a obra musical mais completa e inovadora de toda a história do que hoje conhecemos como música popular.

Não vou entrar em detalhes sobre as diversas inovações técnológicas e instrumentais, muitas delas responsabilidade do produtor George Martin e de uma equipe técnica extremamente curiosa e inventiva. O mais admirável é a capacidade da banda se submeter a essas experimentações, no auge da fama, com uma carreira absolutamente consolidada.

Pense em outras evoluções musicais pós-Beatles: rock progressivo, punk, metal, grunge. Pink Floyd, Sex Pistols, Metallica, Nirvana. Todas essas bandas surgiram fazendo um novo som, desenvolveram-se, é verdade, mas em momento algum arriscaram uma carreira para fazê-lo. Eles não tinham nada a perder.

Já os Beatles em 1967 tinham lançado 7 álbuns, 15 singles no Reino Unido, mais de 20 nos EUA, e eram considerados a maior banda do mundo. Tinham tudo para continuar gravando os mesmos discos, fazendo as mesmas turnês e enchendo os bolsos de grana. Mas a escolha deles não foi essa.

Ao invés de manter-se na mesmice, os Beatles escolheram o caminho da inovação, do movimento, do risco constante. Foi esse espírito que possibilitou a criação de tamanha obra-prima. São poucos os artistas que arriscaram suas carreiras em busca de uma constante evolução artística: Mozart, Miles Davis, The Beatles.

“Sgt. Pepper’s” é um disco dos Beatles, mas eu o considero fundamentalmente uma obra de Paul McCartney. Não estou dizendo que os outros Beatles tenham sido pouco importantes; acredito que o que diferencia esse álbum dos demais é a obstinação de Paul.

John foi um estupendo compositor, mas era menos apegado à produção, era fã do rock mais puro e sujo. Já Paul McCartney era aficcionado pela tecnologia, explorava métodos inusitados e instrumentações pouco ortodoxas.

Enquanto “Sgt. Pepper’s” é obra-prima de Paul, o álbum branco é a obra-prima de Lennon. Pesado, sujo e espontâneo. Sempre achei Abbey Road a obra-prima dos Beatles como um todo, aonde se equilibram as diferentes facetas dos 4 beatles.

De qualquer maneira, passaram-se 40 anos desde o lançamento de “Sgt. Pepper’s lonely hearts club band”. Espero poder comemorar o aniversário de 80 anos do disco, e descobrir que ele vai continuar tão extraordinário quanto é hoje, e quanto foi há 40 anos.

bet.jpg

Entry filed under: Música. Tags: .

Vavá Fica em Madrid, Robinho

3 Comentários Add your own

  • 1. Rafael  |  junho 8, 2007 às 10:10 pm

    Eu não diria que o Sgt Pepper’s é o melhor álbum da história. Não acho sequer o melhor dos Beatles. É só o mais importante.🙂

    E também discordo do Álbum Branco como obra prima de Lennon. É um disco de certa forma esquisto, provavelmente o mais “individual” de todos eles. O resultado é um grande disco de Lennon, McCartney eaté mesmo de Harrison.

    FInalmente, pra discordar um pouquinho mais, não tenho certeza de que o Sgt Pepper’s seja a obra prima de Macca. Tudo bem, a idéia inicial pode ter sido dele; mas além dela não ter sido levada à frente (ele, ao contrário do que se diz, não é um disco conceitual) o resultado é, acima de tudo, um disco de banda. Todos trabalhando juntos , de uma forma que nunca mais trabalhariam, com exceção do fiasco Get Back. Eu fico impressionado como ainda hoje, mais de 20 anos depois de escutar o danado pela primeira, ainda consigo descobrir detalhes que nào conhecia.

    (Ah.O disco novo de McCartney é bem interessante.🙂 )

    Responder
  • 2. LEON  |  janeiro 28, 2008 às 4:50 pm

    sGT PEPPERS É ESSECNCIALMENTE mCCARTNEY CONCORDO

    Responder
  • 3. kurebisubarudo  |  abril 8, 2010 às 9:28 pm

    Ótimo texto, muito bem escrito e realista. Gostei de suas opiniões, vindo de um grande fã dos Beatles.
    Abraços!

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds


%d blogueiros gostam disto: